quinta-feira, março 08, 2007

ode

Morrem-lhe os olhos longe
Esvoaçam-lhe nos cabelos ventos
Ventos de sul
Soprados ventos de poeiras
Tintadas poeiras multicores

Sonha em cetim e madrepérola
Sonhos grandes de antes
Longos sonhos de amanhãs
Deslizados sonhos de hoje.

Flutua em barcas de magias
Ajoujadas barcas de peixes
Prateados peixes dos fundos
Seres de areias e de rochas.

Balança com o frágil bambu
Arrendada de colchas e toalhas
Voada de pássaros
Chorada no murmurejar das águas

Pensada pelos deuses
Poesia de músicas e flores
(Rosas, madressilvas, anémonas)
Ei-la, Mulher.

9 comentários:

Gi disse...

Se as minhas imagens te servem de inspiração vou continuar a postar freneticamente. Mas eu acho que a poesia está nos teus olhos...

Um beijo, uma noite feliz

Arion disse...

Só me custa que a existência deste dia signifique que ainda o não são todos os dias, como deveria ser, para toda a gente!...

wind disse...

Tão lindo, Escritora:)
Estás linkada:)
beijos

TINTA PERMANENTE disse...

Ode à Mulher. Mais do que nas palavras, a poesia esta nas outras por inventar...
Belo!
Abraços

perplexo disse...

O Dia da Mulher é todos os dias.
Bj

segurademim disse...

... tu és um espanto MULHER

criança na
areia mesclada
madrepérola
conchas búzios
pequeninos
delicados

missangas na orla do decote

vida de vidro disse...

Beijão enorme, MULHER!

Menina_marota disse...

De saudade
em saudade,
se constrói
Um espaço frio,
vazio, calado...
De esperança,
em esperança
destruída,
se constrói
um olhar sem olhos
igual,
para gente e coisas...
De adeus,
em adeus,
abafados pelo orgulho,
corajosamente só,
se constrói,
um chorar sem lágrimas
e um lamento,
feito sorriso.
Das palavras,
que ficam sempre
por dizer,
se constrói
uma boca
fechada ao amor
e aberta ao egoismo!...
Da confusão,
de sentimentos,
e da vontade
do homem,
se constrói
uma mulher
de nome,
- Solidão!...


Com um grande abraço, desejo-te tudo de BOM.

De Amor e de Terra disse...

Parabéns SEILÁ! Muito bela esta Ode!
E somos, realmente tudo isso e muito mais, sempre.

Um abraço de sol da

Maria Mamede