domingo, março 06, 2011

– espera!




Escreveria percevejo, lençol
manta, e faca, e corte

Escreveria nomes


– Espera – diria eu num grito
– Espera – e era só soluço

– Aguarda-me que eu chego
tarde
mas virei correndo


Escreveria palavras desajustadas
Que tu a querer nomes seriam amor e fruta
doces vários
e sossego

O cortinado a balançar na greta da janela
frio o vento


–  Espera que eu volto – ainda escrevo
mas tu fechaste a caixa dos comments



ao meu estimado Vasco e nem sei que link lhe faço...
agora que já sei , aqui fica,

3 comentários:

Arion disse...

Pus no face e tudo, o novo endereço. E já te mandei por mail. Antes que me fizesses o link, fi-lo eu. Beijos, agradeço a preocupação, mesmo!

Arion disse...

Obrigado por teres acrescentado o link à dedicatória. Só agora vi.

* hemisfério norte disse...
Este comentário foi removido pelo autor.